queijo
A ideia é promover o queijo como um dos ingredientes principais na confecção dos pratos, dando assim a conhecer a riquíssima e diversificada gastronomia local.

A iniciativa realiza-se âmbito da valorização dos queijos Serpa produzidos no concelho e da promoção da Feira do Queijo do Alentejo que vai decorrer, entre 6ªfeira e domingo, no Pavilhão de Feiras e Exposições.

A Feira do Queijo do Alentejo começou com 70 expositores e, este ano, apresenta 107, dos quais mais de metade são de queijo ou relacionados com este produto.

Tomé Pires, presidente da Câmara Municipal de Serpa, afirma que esta edição de 2017 não apresenta propriamente novidades, mas sim a preocupação de continuar a consolidar este certame, melhorando-o e mantendo a qualidade.

Os expositores para além dos queijos vão, igualmente, dar a conhecer outros produtos regionais do concelho de Serpa como os enchidos, o vinho, o azeite, o mel e a doçaria. O artesanato e as tasquinhas com gastronomia da região são outros destaques da Feira do Queijo que apresenta, também um diversificado programa cultural onde o Cante Alentejano, Património da Humanidade, tem um papel de relevo, durante os três dias certame marcam presença todos os grupos de cante do concelho e os Chocalheiros de Vila Verde de Ficalho, assim como a Banda da Sociedade Filarmónica de Serpa e o Musibéria, com o Laboratório de Sevilhanas e Flamenco. .

Comente esta notícia