Seminário

A iniciativa conta com mais de 120 participantes oriundos de Portugal, Espanha e Hungria.

De acordo com a autarquia castrense, “o seminário pretende ser um encontro internacional sobre a conservação da Águia-imperial e outras grandes águias e abutres”.

Divulgar os “resultados obtidos no âmbito do LIFE Imperial e o intercâmbio de conhecimentos e experiências que promovam uma conservação mais eficiente das aves de rapina” é o objetivo desta ação.

O evento conta com a presença de um vasto leque de oradores nacionais e internacionais e inclui sessões plenárias, apresentações orais e posters, bem como outras atividades, tais como saídas de campo, workshops e exposições, e, ainda, alguns momentos culturais.

Para além dos conteúdos mais científicos, este seminário apresenta, hoje, pelas 18.00 horas, uma Tertúlia sobre o desenvolvimento do LIFE Imperial.

A iniciativa é aberta ao público e destina-se a todos os interessados na conservação da águia-imperial-ibérica. Segue-se uma homenagem aos membros da rede de custódia “Guardiões da Águia-imperial” que têm apoiado a conservação desta espécie das mais variadas formas.


Comente esta notícia