Horticolas

O Banco Espírito Santo e a EDIA - Empresa de Desenvolvimento e Infra-Estruturas do Alqueva, S.A. têm em curso um programa de captação de investimento estrangeiro agrícola e agroindustrial para a região do Alqueva. A parceria de promoção do potencial de Alqueva prevê a organização de um road-show junto de mercados estratégicos ao longo de 2013, e que foi iniciado em Abril no Brasil, Alemanha e Espanha, no âmbito do qual se inclui a organização conjunta de um seminário internacional que irá decorrer no Palacete do Hotel Tivoli, em Lisboa, nesta sexta-feira, seguido de uma visita, no sábado, aos principais equipamentos e explorações agrícolas de Alqueva.

Em declarações à Voz da Planície João Basto, presidente do Conselho de Administração da EDIA, explicou que aquele seminário permite fazer o ponto de situação sobre o Empreendimento, projectá-lo para o futuro e trazer investidores ao terreno.

No âmbito do seminário "Investir no Potencial Agrícola do Alqueva: oportunidade única a nível europeu" está prevista a vinda a Portugal de cerca de 30 investidores da Alemanha, Holanda, França, Espanha, África do Sul e Angola para lhes apresentar o potencial produtivo e de negócio da região, tirando partido da garantia de água de Alqueva. A estes convidados internacionais juntam-se empresários agrícolas e parceiros nacionais, alguns dos quais já com investimentos relevantes na região e responsáveis pelo elevado sucesso do maior projeto de regadio em construção na Europa.     

Este encontro contará com a presença da Ministra da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território, Assunção Cristas, do Conselheiro Especial de Agricultura da Comissão Europeia, José Manuel Silva, do presidente da EDIA, João Basto, do presidente da AICEP, Pedro Reis, e do presidente do BES, Ricardo Salgado.


Comente esta notícia