Buraco na estrada

No documento é afirmado que “pese embora o Estado Central tenha planos para intervir nalgumas estradas nacionais no concelho, na realidade nos últimos anos foram realizadas apenas algumas obras de manutenção e reparação que são insuficientes”.

Pode ainda ler-se que “a quase totalidade das estradas nacionais do concelho de Serpa necessitam de obras de beneficiação, tendo em conta o estado de degradação do pavimento betuminoso, que apresenta buracos, fissuras e falta de asfalto nalguns locais, resultando num risco acrescido de provocar danos em viaturas e de ocorrência de acidente”.

Ainda de acordo, com o moção “as estradas que estão em pior estado e que necessitam de obras de manutenção urgentes e de maior vulto, são a EN 265, que liga Vale do Poço/Serpa/Brinches, a EN 392, que passa por Vila Nova de S.Bento/Pias/Brinches e particularmente a EN 260, entre a ponte do Guadiana e a fronteira de Vila Verde de Ficalho que está em forte processo de degradação, provocada pelo intenso tráfego, quer de veículos ligeiros e pesados, quer de máquinas agrícolas.


Posto isto, a Assembleia Municipal de Serpa propõe que o governo central, através das Infraestruturas de Portugal, leve a efeito uma rápida e eficiente intervenção para o melhoramento das Estradas Nacionais que atravessam o concelho, assinaladas como estando em pior estado e que se comprometa a realizar um levantamento exaustivo das carências em termos viários, de modo a que a médio prazo, haja uma intervenção profunda em todas as vias que necessitem.





Comente esta notícia