Serpa

Esta é uma moção de solidariedade com “as populações e respetivas autarquias" e tem como objetivo "manifestar o seu apoio às iniciativas já tomadas pela Câmara Municipal de Serpa, União das Freguesias de Vila Nova de S. Bento e Vale de Vargo, Junta de Pias e Vila Verde de Ficalho, exigindo das entidades responsáveis: Governo, Ministério da Administração Interna e GNR a reposição/manutenção das necessárias condições de segurança, nomeadamente através do reforço de efetivos, ou no mínimo, a manutenção das atuais condições.”

Chegou ao conhecimento da população de “Vila Nova de São Bento, e também de Vale de Vargo, Pias e Vila Verde Ficalho, bem como às respetivas Juntas de Freguesia, notícias de que a GNR prepara a reestruturação dos postos existentes no concelho.” Uma reestruturação, é acrescentado, que “aponta para a extinção do Agrupamento de Postos, sediado em Vila Nova de São Bento e a sua transformação, à semelhança do que já aconteceu em Pias e Vila Verde de Ficalho, num mero serviço administrativo.” Neste contexto, o texto da moção refere que se entende que, “além do direito à segurança ser um direito constitucionalmente consagrado e garantido, a concretizar-se tal reestruturação, nos moldes que têm vindo ao conhecimento público, será posta em causa não só a segurança das populações urbanas atualmente servidas por este Agrupamento de Postos, mas também de toda uma vasta zona de população dispersa e de explorações agrícolas, localizadas naquilo que vulgarmente se designa como «serra». Acresce ainda o facto de se estar perante uma zona fronteiriça, uma das vias de entrada em território nacional, de inegável importância, por Vila Verde Ficalho.”

É frisado, igualmente, que “a retirada deste e de outros serviços públicos de proximidade, não só coloca em causa os direitos das populações a esses serviços como também, contribui, de forma significativa para o aumento da desertificação destas regiões.”

O documento da moção foi remetido ao presidente da República, presidente da Assembleia da República, primeiro-ministro, ministro da Administração Interna, Comando Geral da GNR, Comando Territorial de Beja da GNR, líderes dos grupos parlamentares da Assembleia da República, CIMBAL e à comunicação social. 


Comente esta notícia