Serpa

Na nota de imprensa enviada à nossa redação, a Câmara de Serpa esclarece que “face à tendência verificada nos últimos anos de redução de efetivos e horários de funcionamento nos postos da GNR do concelho, o Município preocupado com a situação reuniu-se com o Comando Territorial de Beja”, no passado dia 20. Acrescenta que “no seguimento desta reunião, foi já solicitada ao Ministério da Administração Interna informação sobre o assunto, nomeadamente sobre o número atual dos efetivos no concelho e a sua evolução nos últimos dez anos, bem como sobre a criminalidade no concelho.”

Entende o Município, é clarificado, ainda, no documento, que “não existindo uma redução significativa da população e verificando-se o aumento do número de trabalhadores sazonais, originando uma dinâmica agrícola maior, ou seja, um acréscimo de pessoas fora dos perímetros urbanos, não faz sentido haver uma redução de efetivos, mas sim o contrário, com o reforço de meios, quer humanos quer a nível de viaturas.”

No final a autarquia reforça que “este é um problema a que” se está “a dar a maior atenção, na certeza de que” o Município está a desenvolver “todos os esforços para evitar situações de falta de segurança para as populações.”


Comente esta notícia