alfaces biológicas

O Centro de Competências foi formalizado em Fevereiro de 2017, durante a Feira do Queijo do Alentejo, na presença do secretário de Estado da Agricultura, Florestas e do Desenvolvimento Rural, Amândio Torres.

Desde então, registaram-se vários avanços, nomeadamente a criação de um Plano de Acção, bem como a Agenda Nacional de Investigação e de Inovação.

A premissa por detrás da criação do CCBIO prende-se com a necessidade de criar sinergias neste sector específico, entre as diversas entidades, de difusão de informação técnica produzida ao nível da investigação, da articulação com os agentes económicos e da identificação das lacunas associadas à produção, transformação e comercialização dos produtos biológicos. Assim, o CCBIO tem como missão promover o desenvolvimento sustentável e competitivo neste sector, nos domínios técnico-científico, ambiental, socioeconómico e formativo.

Recordamos que fazem parte do CCBIO várias Câmaras Municipais, sendo que a Câmara Municipal de Serpa é a entidade coordenadora do projecto, Cimbal, Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, Direcção Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural, centros tecnológicos e agro-alimentares, várias universidades e politécnicos do país e muitas associações de produtores, de desenvolvimento local e do sector, ao nível nacional.





Comente esta notícia