Sete Sois

O Festival Sete Sóis Sete Luas 2019 é promovido, nesta sua XXVII edição, por uma Rede Cultural de 30 cidades de 10 Países do Mediterrâneo e do mundo lusófono: Brasil, Cabo Verde, Croácia, Eslovénia, Espanha, França, Itália, Marrocos, Portugal, Tunísia.

Estão programados diferentes espetáculos e apresentações de rua, com locais marcados para o Anfiteatro Municipal e junto à Igreja dos Remédios, que começam nesta sexta-feira, dia 6, com a atuação de Mimmo Epifani & The Barbers, às 21.30 horas.

As diversas atividades sugerem, entre outras propostas, a Orkestra Popular Des 7Luas (Mediterrâneo), produção original do festival que reúne músicos do Brasil, Itália, Espanha, Portugal, e Guiné-Bissau; sonoridades tradicionais do Alentejo, através das melodias do grupo de música popular Cantares do Sul (Portugal) e animação de rua, feita por Yldor Llach (Espanha), artista catalão circense, que aqui apresenta o seu espetáculo de bicicleta acrobática “Sobre Rodas”, e Irmãos Esferovite (Portugal), que trazem uma aventura musical e circense, para este sábado, dia 7. Os espetáculos decorrem durante a tarde e noite.

Dino D'Santiago (Cabo-Verde / Portugal), nome incontornável da cena atual da música portuguesa atua neste domingo, dia 8, às 19.00 horas.

Nas artes plásticas, destaque para a abertura da exposição “Meus aCORdes” e realização simultânea de um laboratório de pintura mural, pela mão de Tutu Sousa (Cabo-Verde), um autodidata no domínio da pintura e escultura.


Comente esta notícia