greve tecnicos

Com o intuito de mostrar ao Governo, mais uma vez, o descontentamento deste grupo profissional e desafiar a ministra da Saúde a apresentar uma proposta séria e com urgência, os técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica agendaram mais três dias à luta iniciada no passado dia 5 e já têm ações planeadas para janeiro de 2019.

Os técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica terminam 2018 em greve e já estão a preparar ações de luta para 2019, que mantenham vivas as suas pretensões e que permitam manter a reivindicação de encerrar o processo negocial com urgência.

Estas Ações de Luta ir-se-ão iniciar na segunda quinzena do próximo mês de janeiro e serão brevemente, comunicadas, envolvendo diferentes formas de manifestarem o seu descontentamento e a importância deste Grupo Profissional na prestação de cuidados nos Serviços de Saúde.


Comente esta notícia