quarteto bach

No sábado, a jornada começa às 14.30 horas, com uma visita ao centro histórico de Santiago, terra senhorial, onde igrejas, palácios e mansões guardam tesouros. A matriz, no alto do castelo, é o ponto de encontro de um percurso que vai passar, entre outros locais, a antiga judiaria, a capela das Almas, a igreja da Misericórdia, a mais do que centenária Sociedade Harmonia, o Museu Municipal e o moinho de vento da Quintinha, recentemente recuperado nas Cumeadas. O foco do passeio será o palácio dos Condes de Bracial, belo edifício da época romântica, mandado erguer perto de 1840 pelo desembargador Jacinto Falcão e que abre as portas ao público, pela primeira vez, neste dia.

À noite, às 21.30 horas, actua na Igreja Matriz, junto ao Castelo, um agrupamento musical de excepção, vindo dos Estados Unidos, Brentano String Quartet, o mais importante quarteto de cordas do mundo na actualidade. O quarteto vai apresentar o concerto "Perpétuo Movimento: Em torno d’A Arte da Fuga", um tributo a J. S. Bach.

No domingo, às 10.00 horas, o alvo será a paisagem cultural em torno do antigo convento do Loreto, local privilegiado de contacto com a natureza, em pleno Caminho de peregrinação para Compostela. Votado ao abandono, o convento data de meados do séc. XV e encontra-se rodeada por um extenso sobreiral, adquirido pelos frades franciscanos, em 1515. Os participantes vão ser convidados a plantar várias dezenas de sobreiros, provenientes da Mata Nacional de Valverde, em Alcácer do Sal. José António Falcão, director do Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja, afirma que Santiago do Cacém é uma terra que se presta muito bem aos objectivos do Terras Sem Sombra.

Iniciativas que vão contar com a presença de um convidado especial, o cardiologista Fernando de Pádua, considerado o "Pai da Medicina Preventiva em Portugal".

O Festival Terras Sem Sombra, com entradas entradas, é organizado pela Pedra Angular-Associação dos Amigos do Património da Diocese de Beja e pelo Departamento do Património Histórico e Artístico desta Diocese. O evento, que se prolonga até ao dia 2 de Julho, apresenta como tema "Do Espiritual na Arte Identidades e Práticas Musicais na Europa dos Séculos XVI-XX".


Comente esta notícia