TSS 2019 concerto Odemira

Às 21.30 horas deste sábado, a Igreja de S. Martinho das Amoreiras recebe “o concerto de um quarteto de flautas travessas que revela, sem esquivar declinações do jazz, um programa de música contemporânea muito pouco conhecido, incluindo peças de Espanha, do Brasil, da Argentina e, até, dos Estados Unidos. Duas flautistas são espanholas, da Andaluzia e de Madrid, outra é brasileira e outra ainda é argentina; acompanha-os um percussionista também andaluz. Esta viagem musical global amplia os horizontes do Terras sem Sombra, em 2019, pela América do Sul, pelos ritmos flamencos e pelos olhares sugeridos por Michel Camillo, numa terra fortemente musical onde se mantêm, com orgulho, as essências do Canto ao Baldão e da viola campaniça.”

A tarde do dia 25, ou seja deste sábado, a partir das 15:00, “é dedicada ao património arqueológico, à história e à biodiversidade da Serra da Vigia, famosa pela abundância de fontes e mananciais e pela abertura a panoramas de cortar a respiração. Aqui nascem os rios Mira e Sado. Um bom pretexto para conhecer as alcôncaras e outros doces e iguarias locais, provar a melhor aguardente de medronho do mundo e partilhar experiências de vida.”

Não há atividade de biodiversidade neste domingo, dia 26, por ser dia de eleições europeias.


Comente esta notícia