Barrancos

A língua barranquenha, traço identitário daquele concelho raiano, é o mote para o encontro do património, no sábado, 1 de fevereiro, a partir das 15.00 horas, tal como avança Sara Fonseca, diretora executiva do TSS, revelando como vai ser desenvolvida esta atividade.

À noite, às 21.30 horas, o convite é para ouvir o violoncelista espanhol Pedro Bonet, recém vencedor do Prémio Intercentros Melómano 2019. "O programa de música, no Cineteatro de Barrancos, assume especial significado pois representa o início da colaboração, alvo de protocolo entre o Terras sem Sombra e a Fundación Orfeo, com o Prémio Intercentros Melómano. Este galardão, o mais importante de Espanha distingue um jovem intérprete, anualmente, pela excelência técnica e pelo virtuosismo interpretativo e é fortemente disputado por todos os conservatórios e escolas de música do país vizinho", refere a organização do TSS. Sara Fonseca deixa o convite para assistir a esta apresentação.

No domingo de manhã, dia 2, a partir das 09.30 horas, a atividade de biodiversidade leva população e músicos pelo Parque de Natureza de Noudar para se conhecer, acompanhados de especialistas, a avifauna, ictiofauna e flora do Rio Ardila. As declarações são, igualmente, de Sara Fonseca.


Comente esta notícia

Galeria de fotos