Médicos

Tratam-se de vagas que dão direito a incentivos financeiros. Ou seja, o Governo atribui assim, a possibilidade dos profissionais se candidatarem a estes postos de trabalho com um acréscimo da remuneração base de 40%, um reforço de dois dias de férias e a perspetiva de participação em atividades de investigação clínica e maior facilidade de mobilidade também para os cônjuges.

Conceição Margalha, presidente do Conselho de Administração da ULSBA, esclarece que o que saiu em Diário da República, na passada terça-feira, foi a identificação dos locais que são carenciados, entre eles, a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, nas especialidades de anestesia, pediatria, cirurgia geral, ginecologia, medicina interna e medicina geral e familiar.

Conceição Margalha identifica, também, as vagas com incentivos na ULSBA, referindo que nos centros de saúde há 4 e em termos hospitalares 11.

Conceição Margalha diz, ainda, que as quotas de incentivos não têm sido esgotadas na ULSBA e que seria bom que este ano essa realidade fosse alterada.

Excertos da entrevista concedida à Voz da Planície por Conceição Margalha, presidente do Conselho de Administração da ULSBA, que pode ouvir, hoje, na integra, no espaço “A semana vista por...”, no jornal das 17.00 horas.


Comente esta notícia