Consulta de Saúde do Viajante

Nesta consulta podem ser obtidas informações sobre o risco de saúde relacionado com as viagens, assim como aconselhamento médico orientado para as atitudes e precauções a ter antes, durante e após viagem.

Carolina Santos, médica de medicina geral e familiar e da Consulta de Saúde do Viajante explica no que consiste a mesma e porque é que deve ser realizada, de preferência, quatro a oito semanas antes da data de partida para qualquer destino.

Contrariamente ao que se pensa, os viajantes que se deslocam para países europeus também devem efetuar esta consulta, assim como o respetivo plano de vacinação internacional adequado à zona que pretendem visitar. Recorde-se que o Programa Nacional de Vacinação dispõe de um capítulo anexo sobre vacinação internacional e que é com base nestas indicações que são feitas as análises específicas na Consulta de Saúde do Viajante, da tipologia de vacina a aplicar, assim como das regras e padrões de comportamento que o viajante deve ter em determinadas regiões, frisa a médica Iliete Ramos, coordenadora da Unidade de Saúde Pública da ULSBA. Iliete Ramos deixa, igualmente, a indicação dos procedimentos a ter em conta, na marcação da Consulta de Saúde do Viajante.

A existência desta consulta e do Centro de Vacinação Internacional era uma aspiração com alguns anos, na medida em que os utentes só tinham este serviço disponível fora da região, lembrou ainda, a médica Carolina Santos.


Comente esta notícia