Flores de Esperança

É hoje o último dia em que os interessados podem conhecer, na Casa da Cultura de Beja, o Projecto Inclusão pela Arte III, que tem como entidade promotora o Centro Comunitário do Bairro da Esperança e um consórcio de mais 10 elementos.

Este é um dos 110 projectos de vários pontos do País, financiados e acompanhados pelo Programa Escolhas, que estiveram de "portas abertas" para dar a conhecer o trabalho desenvolvido em contextos mais vulneráveis, com crianças e jovens e seus familiares tendo em vista o reforço da igualdade de oportunidades e a coesão social.
Anabela Matado, coordenadora do Inclusão pela Arte III, disse à Voz da Planície que este projecto pretende dar apoio à comunidade dos bairros da Esperança e das pedreiras de maneira valorizar os "jovens" e proporcionar-lhe um futuro melhor.


Comente esta notícia