NATAL IMAGEM

Trata-se de uma campanha que pretende incentivar a população a fazer as suas compras de Natal no comércio tradicional, assim como melhorar o máximo possível, as vendas dos comerciantes no centro da cidade, corrigindo de alguma forma a falta de poder de compra que se verifica um pouco por todo o País e Beja não é excepção. As declarações são de Francisco Carriço Pedro, presidente da Associação Comercial Serviços e Turismo do Distrito de Beja.

Para Francisco Carriço Pedro há muito desânimo e falta de poder de compra e acrescentou que estes dois factores conjugados fazem deste, um Natal sem alegria, sem chama, para todos e para os comerciantes em particular, que dependem destas épocas de venda para contrabalançar os prejuízos do resto do ano.

O presidente da Associação Comercial Serviços e Turismo do Distrito de Beja disse também, não acreditar que os saldos de Inverno, que sucedem a esta época de Natal, vão ter impacto no comércio, situação que, frisou, se verificou nos anos mais recentes.        


Comente esta notícia