SÍMBOLO DO PARTIDO SOCIALISTA

O documento refere também, que nos últimos dias e noites, o tempo de espera no Serviço de Urgências chegou a superar sete horas, havendo vários doentes e acompanhantes a ficarem na rua, à espera de atendimento, por falta de espaço na sala de espera, que é muito reduzida e não tem quaisquer condições para garantir aos utentes a necessária privacidade no local de receção e inscrição.

O PS frisa, igualmente, que o Serviço de Urgências Básicas de Castro Verde, que funciona 24h00/dia, acolhe os doentes deste concelho e também dos concelhos vizinhos de Almodôvar e Ourique e algumas localidades de Aljustrel e Mértola e que não pode deixar de denunciar o que se está a passar, que resulta, por um lado, do feroz ataque levado a cabo pelo Governo PSD/CDS contra o Serviço Nacional de Saúde, pondo em causa a prestação de cuidados médicos com qualidade a uma população que, no caso do nosso concelho, está envelhecida e tem poucos recursos. Por outro lado, este quadro revela ainda, remata o documento, a total incapacidade e falta de vontade da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo para resolver o problema grave e há muito tempo identificado no espaço do Serviço de Urgências do Centro de Saúde de Castro Verde, onde é urgente avançar com as necessárias obras de ampliação e melhoramento.


Comente esta notícia