Azeite
Os azeites portugueses seleccionados no 4º Concurso Internacional de Azeites Virgem Extra-Prémio Ovibeja, promovido pela ACOS-Agricultores do Sul e pela Casa do azeite, conseguiram alcançar uma medalha de ouro, duas de prata, duas de bronze e com seis menções honrosas. Os melhores azeites portugueses seleccionados pelo Júri internacional são provenientes de Beja, Ferreira do Alentejo, Vila Velha de Ródão, Pernes, Azambuja, Suçães, Sabrosa, Alferrarede, Valpaços e Lisboa.

A Elosua Portugal, da Azambuja, venceu a categoria de Frutado Verde Ligeiro com a medalha de ouro. Na mesma categoria a medalha de prata foi atribuída à Sociedade Agrícola Vale do Ouro, de Ferreira do Alentejo. Ainda nesta categoria foram distinguidos com menções honrosas os azeites portugueses de Herdeiros de Manuel Sousa Athaíde Pavão, Suçães e da Quinta do Crasto, de Sabrosa.

Na categoria de Frutado Verde Médio, a medalha de prata foi atribuída à Sociedade Agrícola Ouro Vegetal, de Alferrarede e a de Bronze coube a Lameira de Cima, de Ferreira do Alentejo. Ainda nesta categoria foram atribuídas duas menções honrosas aos azeites nacionais, uma para a Cooperativa de Olivicultores de Valpaços e a outra a PSF Agrícola, com sede em Lisboa.

Nas provas do azeite Frutado Maduro, a Rodoliv - Cooperativa de Azeites do Ródão foi premiada com a medalha de Bronze. Na mesma categoria, Fio Dourado, de Pernes e a Sociedade Agrícola Vale da Umbria, de Beja, mereceram menções honrosas.

Os prémios vão ser entregues, na Ovibeja, no dia 3 de Maio, às 13.00 horas, numa cerimónia que vai contar com a presença de entidades oficiais nacionais e internacionais.

Os visitantes da Ovibeja vão ter oportunidade de provar os melhores azeites do mundo no decorrer do certame, entre 30 de Abril e 4 de Maio. Quem quiser participar em provas comentadas por especialistas pode faze-lo, de forma gratuita, bastando, para tal, inscrever-se no espaço das provas, no Pavilhão Sabor Alentejo.

Comente esta notícia