Saude
O documento surgiu devido à preocupação que existe com as consequências da portaria 82/2014que foi recentemente publicada e que prevê uma profunda reorganização dos hospitais portugueses e, a concretizar-se, poderá levar ao encerramento de múltiplos serviços hospitalares, entre eles, serviços dos hospitais de Beja e do Litoral Alentejano.

José Soeiro, presidente da Assembleia Municipal de Vidigueira, afirma que com esta portaria perde-se qualidade na área da prestação de cuidados de saúde o que é grave.

Ainda segundo José Soeiro é fundamental manter o SNS ao serviço das populações, ao mesmo tempo que dá conta que, no concelho de Vidigueira, na área da saúde o principal problema prende-se com o número de médicos.

Comente esta notícia