Vidigueira Branco 2016

O II Fórum Antão Vaz ''Vidigueira, Enoturismo e Internacionalização'' decorre neste sábado, a partir das 14h30, no Museu Municipal de Vidigueira, no âmbito da realização do Vidigueira Branco e inserido no Ciclo de Empreendedorismo Jovem, que o Município de Vidigueira está a promover entre fevereiro e junho.

O certame prolonga-se até domingo e pretende promover os vinhos da sub-região vitivinícola de Vidigueira, o azeite, o cante alentejano e a gastronomia tradicional e integra também uma Rota do Azeite e do Vinho, uma Mostra de Pão e Doçaria Tradicional e um Festival Gastronómico de Migas, ou seja as apostas de sucesso da primeira edição, tal como frisou à Voz da Planície a vice-presidente, Helena de Aguilar.

O segundo dia de certame, que é dedicado ao vinho, começa cedo, às 09.30 horas, com a caminhada "Do olival à mesa", prossegue às 14.30 horas, com o II Fórum "Antão Vaz", organizado em parceria, tal como em 2015, com a Vidigueira Wine Land e propõe para as 15.00 horas, uma oficina de doces para impressionar, com a chefe Mónica Pereira, no Pavilhão Antão Vaz.

Às 15.30 horas há atuação de grupos de folclore tradicional português, às 16.00 horas , a proposta vai para a Rota do Vinho e do Azeite, no Pavilhão Antão Vaz, meia hora depois faz-se prova de Antão Vaz, colheitas 2015 e a apresentação do livro de fotografia: "As adegas do alentejo", de Jerónimo Heitor Coelho, no Museu Municipal.

No Pavilhão das Migas, às 19.30 horas, há oficina do cante, pelos Bafos de Baco, às 22.00 horas, Pedro Mestre e Campaniças ao Despique atua no Palco Antão Vaz e às 23.00 horas, neste mesmo espaço canta a fadista Raquel Tavares. A noite prossegue depois aos sons do DJ Pantaleão "The Fox", no Palco Galega.

FOTOREPORTAGEM 


Comente esta notícia

Galeria de fotos