Vidigueira

A iniciativa tem como finalidade conseguir uma difusão simultânea internacional do turismo do vinho em todos os países europeus, favorecendo uma homogeneização dos padrões de qualidade das diferentes rotas de vinho europeias. Pretende também, posicionar o turismo do vinho como uma realidade única e múltipla em todos os estados membros da rede, além de favorecer a promoção e consumo dos produtos dos territórios.

Este é um dia com significado muito especial para Vidigueira, que proporciona um programa próprio, baseado na iniciativa Adega Portas Abertas. As declarações são da vice-presidente da Câmara de Vidigueira, Helena D'Aguilar.

Um dia em que as ofertas principais são a gastronomia e o vinho, nas diversas adegas que proporcionam momentos diferentes a quem usufrui desta oferta, pelas suas características diferenciadoras, frisou, igualmente a vice-presidente Helena D'Aguilar.

O programa começa a 11 de novembro, na Quinta do Quetzal, com a iniciativa Adega Portas Abertas e prossegue no dia 13, na Quinta das Ratoeiras, com alojamento com oferta de vinho de talha, Adega Portas Abertas, sessões de provas ao longo do dia e almoço enogastronómico. Ainda, no dia 13, a Ribrafreixo Wines tem o seu restaurante aberto e faz oferta de um vinho para degustação aos visitantes. Também, nesta data a Herdade do Sobroso realiza uma Winetour, com visita à vinha e adega e almoço/jantar regional na Herdade. No âmbito desta iniciativa realizam-se, igualmente, a 13 de novembro visitas guiadas às adegas do concelho, mediante marcação e se pretender obter mais informações pode obtê-las no Balcão de Informação Turística, no Museu Regional.



Comente esta notícia