Município de Vidigueira

“Suspensão/ Cancelamento de todas as atividades, lúdicas e eventos públicos promovidos, apoiados ou autorizados pela Câmara Municipal, designadamente espetáculos, eventos sociais, culturais, desportivos e /ou recreativos; cancelamento do Mercado Mensal e encerramento dos espaços municipais: Centro Social de Vidigueira; Centros de Convívio da responsabilidade da autarquia e Lojas de Voluntariado, Museu Municipal, Centro Multifacetado de Novas Tecnologias e polos, Complexo das Piscinas Municipais Carlos Goes, Pavilhão de Desportos e Estádio Municipal.”

O Sítio Arqueológico de S. Cucufate também está encerrado e continua a “suspensão ou cancelamento de todas as deslocações, em transporte da autarquia ou por ela apoiado, de grupos para o exterior do concelho ou do Baixo Alentejo, conforme a situação, inclusive do serviço de transporte complementares às atividades de ação educativa, nomeadamente visitas de estudo e projetos educativos promovidos pela autarquia”.

“Suspensão das atividades da Universidade Sénior; cancelamento dos licenciamentos de eventos e atividades diversas que impliquem concentração de pessoas, independentemente do número; suspensão do atendimento ao público presencial no balcão único, privilegiando-se os meios alternativos de atendimento, telefone, email, aplicações existentes no site municipal; suspensão dos serviços de recolha de monos, de resíduos verdes e de resíduos recicláveis porta-a-porta e alteração do horário da Estação de Transferência, que funciona das 8h às 14h , de segunda a sexta-feira”, são as outras medidas que se mantêm igualmente.

Mantêm-se ainda em vigor, assegura a Câmara de Vidigueira, “as restrições à utilização da casa mortuária e o condicionamento à participação nos funerais, de modo a garantir a inexistência de aglomerados de pessoas e o controlo das distâncias de segurança, bem como o acesso ao cemitério cujo horário se mantém das 8h às 13h, de segunda a sexta-feira”.

As orientações para os trabalhadores “continuam em vigor, bem como os horários de trabalho constantes do despacho nº. 16/PRE/2020, de 16 de março, renovado, pelo Despacho nº. 22/PRE/2020, de 16 de abril”, afirma, ainda, a autarquia.


Comente esta notícia