7 Maravilhas Doces de Portugal

Na candidatura às 7 Maravilhas Doces de Portugal, em Beja, Jorge Serafim apadrinha o Porquinho Doce, o chef António Nobre apadrinha o Pão de Rala e, nesta votação, Bruno Ferreira é o padrinho das trouxas de ovos e Mafalda Vasques é a madrinha do doce conventual Queijinho de Hóstia. 

A concurso estão, também, o bolo folhado e a sericaia, ambos do concelho de Alvito e Serpa concorre, igualmente, com as suas queijadas.

A concurso estão sete categorias de doces: doces de território; bolo de pastelaria; doce de colher e doce à fatia; biscoitos e bolos secos; doces festivos; doces de fruta e mel e doces de inovação.

No total são 140 doces que vão ser votados pelo público em 20 programas de daytime, a emitir em direto pela RTP, nos meses de julho e agosto. No final de cada programa é apurado um pré-finalista que passa às semifinais.

A gala final, que vai escolher as “7 Maravilhas Doces de Portugal”, vai acontecer a 7 de setembro, em programa da RTP e os vencedores serão apurados pela votação dos portugueses, através de telefone, em chamadas de valor acrescentado.

No dia 22 de julho, Beja recebe no Largo do Museu Regional, um programa em direto na RTP1 entre as 10.00 e as 13.00 horas, na parte da manhã e, no período da tarde, das 15.00 às 17.30 horas.

A votação para os 7 doces a concurso do distrito de Beja continua até ao dia 22 de julho, e no período da tarde, entre as 16.00 e as 17.00 horas, os apresentadores anunciam, em direto, o fim da votação para os doces do distrito onde estão. Todos os outros continuam até ao respetivo programa.

Os programas por distrito terminam a 16 de agosto e serão todos em direto. No final de cada programa será conhecido o Pré-Finalista que receberá o troféu em direto.



Comente esta notícia

Galeria de fotos