CUBA

Cuba, terra onde viveu Fialho de Almeida, o autor do título tão actual "Os Gatos", tem 4 878 habitantes distribuídos por quatro freguesias: Cuba, Faro do Alentejo, Vila Alva e Vila Ruiva.

Terra de vinho, cujo nome terá sido atribuído pelo facto de soldados de D. Sancho II, na tomada da povoação aos árabes, se terem deparado com inúmeras cubas utilizadas no fabrico de vinho, este concelho experimentou, desde há 37 anos, duas tendências políticas.

Cuba teve, desde 1976, três presidentes de Câmara, sendo que dois deles pertenciam à mesma tendência política: Francisco Felgueiras cumpriu dois mandatos, um pela FEPU - Frente Eleitoral Povo Unido e outro pela APU - Aliança Povo Unido. De 82 a 93 o povo de Cuba elegeu, durante quatro mandatos, António São Brás, primeiro pela APU e depois pela Coligação Democrática Unitária.

Nos quatro mandatos seguintes, até às eleições de 2009, a força política mais votada tem sido o Partido Socialista, liderado por Francisco Orelha. Recorda-se que nas últimas autárquicas Francisco Orelha foi eleito com 48,09 por cento, a escassos 63 votos da coligação PCP-PEV.

Para as eleições que se avinham, Francisco Orelha já não se pode recandidatar por estar a concluir o seu quarto mandato naquele Município, motivo pelo qual a aposta do PS recai sobre Ana Raquel Soudo, presidente da concelhia do partido e deputada na Assembleia Municipal de Cuba. Licenciada em Investigação Social Aplicada e pós-graduada em Ciências Criminais, Ana Soudo é técnica superior no Estabelecimento prisional de Beja.

Pelo PSD o candidato às próximas autárquicas é Vasco Morais de Almeida. De 42 anos, Vasco Morais de Almeida, tem formação na área agronómica e de agricultura biológica, pertence aos quadros da Resialentejo e candidata-se ao Município de Cuba onde mantém "forte e antiga afinidade familiar". Foi mandatário, no concelho de Cuba, da candidatura de Cavaco Silva à Presidência da República.

A CDU - Coligação que integra o PCP e os "Verdes" aposta em João Português. Licenciado em Serviço Social, João Português é actualmente vereador na Câmara de Cuba. Militante do PCP é apontado pelo partido como alguém "conhecedor dos mais variados dossiers do município e detentor de um conhecimento ímpar sobre os problemas e as reais necessidades do concelho". João Português é presidente da direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cuba.


Comente esta notícia