Beja Merece Lisboa

Florival Baiôa é o convidado, desta semana, da entrevista Voz da Planície/Diário do Alentejo, nesta conversa, afirma que não compreende porque é que os autarcas não se juntam e não promovem iniciativas como aquela que o movimento realizou na 5ª feira de Ascenção, em Lisboa.

Para Florival Baiôa, ficava bem ao Executivo Municipal de Beja, e a outros da região, terem marcado presença na manifestação em Lisboa, demonstrando que estavam ao lado das populações.

Florival Baiôa, é da opinião que Beja não tem força junto do poder central porque falta aqui um lobby, ao contrário daquilo que acontece em Évora, onde existe um lobby “terrível” que consegue “secar” todo o resto do Alentejo. Ainda assim, admite que o Movimento Beja Merece+ atingiu um patamar elevado que “perturba” o Governo.

Quanto às actividades que se seguem por parte do Movimento Beja Merece+, Florival Baiôa revela que agora há que trabalhar em conjunto com os partidos e admite que dificilmente o texto da Petição que foi entregue seja discutido em plenário ainda nesta sessão legislativa.

A entrevista a Florival Baiôa passa esta tarde, a partir das 18.00 horas, na Voz da Planície e está disponível na edição desta semana do Diário do Alentejo.





Comente esta notícia