Forno Tia Bia Gadelha

Florival Baiôa, da adpBeja, explica como vai ser a abertura/inauguração, do Forno, passando em revista o programa agendado para dois dias de festa, em torno do pão.

Trata-se de um novo produto pedagógico e turístico que foi concretizado com o esforço coletivo, de diversas entidades e particulares, que Florival Baiôa indentificou, salientando que foi com base no esforço de todos, assim como da adpBeja, que este património se conseguiu preservar, a pensar na comunidade e na promoção das nossas tradições.

Florival Baiôa explicou ainda, que este espaço vai ser o Museu do Pão e que vai ter a casa aberta do forno para serviço comunitário, restaurando assim, este espaço na sua forma e função.

Dia 14, ou seja nesta quinta-feira, é inaugurado o Forno, às 18.00 horas, seguido do lançamento do livro de Banda Desenhada (BD), de Cristina Matos, "A Fantástica História do Restauro do Forno Comunitário de Beja", seguido de petisco, no Museu do Vinho, na Rua Aresta Branco.

Sexta-feira, dia 15, é lançado, às 18.30 horas, o livro de Cristina Castro, "A Doçaria Portuguesa. Sul", seguido de prova de doces conventuais, no Centro UNESCO, em Beja.

Neste mesmo dia, às 19.30 horas, há conferência por Filomena Barata, "Pão e vinho, na mitologia clássica... com um toque de cristianismo", no Centro UNESCO, em Beja.

O dia 15 termina com jantares de pão, no espaço Vovó Joaquina, em Beja. Uma iniciativa sujeita a inscrição.

Nota: Fotografia do jornal "Público".


Comente esta notícia