Professores

De acordo com os dados recolhidos pelo SPZS, no passado dia 19, no distrito de Beja, não se realizou nenhuma das reuniões agendadas e até ao momento existe a informação de que das 190 reuniões marcadas, ao longo destes dias, não se realizaram 186. De acordo com o SPZS isto significa uma percentagem, de não realização das reuniões às avaliações, de 98%.

Os professores continuam a dar uma resposta de força e determinação pela recuperação do tempo de serviço congelado, de 9 anos, 4 meses e 2 dias, pelo direito a um regime de aposentação específico, por horários dignos que valorizem o trabalho direto com alunos e um fim efetivo da precariedade na profissão docente, diz também o SPZS.


Comente esta notícia