DIA INTERNACIONAL DA MULHER

Os direitos de maternidade e paternidade debateram-se ontem, em Beja, mas as atividades no âmbito da iniciativa da CGTP: "Valorizar o Trabalho - Efetivar a Igualdade" prosseguem hoje, também na capital de distrito, com a distribuição de um documento sobre as questões que afetam as mulheres trabalhadoras. As declarações são de Maria da Fé Carvalho, da CGTP.

Em Beja, o Dia Internacional da Mulher é assinalado, igualmente, com uma sessão, agendada para as 14.30 horas, para o Centro Social do Lidador. A sessão é dedicada ao tema Happyfamília e dinamizada por Rute Martins.

Em Vidigueira, o programa é destinado a funcionárias/colaboradoras da Câmara Municipal, começa às 14.30 horas com uma visita à exposição "Oficina de Costura", no Museu Municipal e prossegue depois, por toda a tarde, na Quinta do Quetzal.

Em Cuba, com organização da Junta de Freguesia de Cuba, tem lugar no Salão dos Bombeiros Voluntários, pelas 20h00, o já tradicional Jantar da Mulher, com animação musical de Rui Chora e sorteio de prémios. Em Vila Alva, a proposta da Junta de Freguesia vai para um Passeio a Monsaraz e ao Alandroal. Já em Vila Ruiva e Albergaria dos Fusos, a Junta de Freguesia promove um lanche convívio, nos respetivos Centro Cultural e Pavilhão Multiusos, às 17:00.

Em Serpa, as comemorações estão integradas nas Jornadas Municipais pela Igualdade e Inclusão 2017 e sugerem a peça de teatro, às 21.00 horas, "Maria Lamas, uma mulher completa", assim como a iniciativa: "A mulher na poesia, Mulheres Visíveis", que consiste numa sessão dinamizada por Elsa Ligeiro, Alma Azul, às 18.00 horas, na Biblioteca Municipal.



Comente esta notícia