ENCONTRO IBÉRICO SOBRE DECLÍNIO DO MONTADO

Aquele encontro é realizado, durante todo o dia, no auditório do Instituto Politécnico de Beja (IPBeja), parceiro do CEBAL nesta realização, tal como a autarquia bejense e o Instituto del Corcho.

A sessão de abertura, às 09.30 horas, conta com a presença do secretário de Estado das Florestas, Francisco Gomes da Silva, e às 11.30 horas, é feita a apresentação oficial do projecto GenoSuber e assinado o protocolo de colaboração com a Corticeira Amorim, duas iniciativas que contam com a participação da secretária de Estado da Ciência, Leonor Parreira.   

Este encontro, que conta com mais de 150 inscrições - de pessoas em nome individual, investigadores e associações de produtores florestais - tem como objectivo reunir no mesmo espaço as pessoas que têm desenvolvido trabalho sobre a área do montado, fomentar o intercâmbio de ideias e informação sobre o projecto do CEBAL sobre a sequenciação do genoma do sobreiro. As declarações são de Claudino Matos, presidente da Direcção do Centro de Biotecnologia Agrícola e Agroalimentar do Alentejo, que acrescentou ser de suma importância chamar a atenção para o projecto GenoSuber, que visa encontrar uma ferramenta fundamental para a garantia da qualidade futura dos montados.

Claudino Matos frisou, igualmente, à Voz da Planície que antes de entrar para os quadros da ACOS - Agricultores do Sul, em 2006, coordenou um projecto sobre o declínio do montado e que há dois anos, o Parlamento espanhol pediu-lhe para fazer uma prelecção sobre o mesmo. Prosseguiu frisando que apresentou um relatório final do projecto que coordenou e que no mesmo propôs que esta temática fosse tratada a nível ibérico e que por isso mesmo, espera que este encontro seja o "pontapé de saída" para isso mesmo.

Recorde-se que com a realização deste Encontro Ibérico sobre o Declínio do Montado, o CEBAL junta-se às comemorações europeias do "Dia Internacional do Fascínio das Plantas", organizado pela European Plant Science Organization.

Para o dia de amanhã está agendada, no âmbito do encontro, uma visita técnica, em parceria com a União da Floresta Mediterrânica, a um montado em declínio, na Herdade do Azinhal, Azinheira de Barros, Grândola.


Comente esta notícia