José Alberto Guerreiro
Uma carta a explicar os motivos que o levaram a aceitar o convite para ser o número dois da lista do PS por Beja nas eleições legislativas de 4 de Outubro e consequentemente a suspender o seu mandato autárquico até essa data.

José Alberto Guerreiro afirma que aceitou este desafio com a mesma determinação e responsabilidade de sempre, e que agora cabe aos odemirenses e demais Baixo-Alentejanos decidir se merece a sua confiança para representar todos na Assembleia da República, ou se pelo contrário deve continuar, como presidente do município.

Para José Alberto Guerreiro este é o momento de projectar o concelho de Odemira e de afirmar a notoriedade e competência dos odemirenses no Órgão mais prestigiante da Democracia em Portugal, a Assembleia da República.

José Alberto Guerreiro afirma ainda que o desafio é enorme e em qualquer caso não deixará de assumir as suas responsabilidades de continuar a zelar pelo cumprimento dos compromissos eleitorais autárquicos no concelho de Odemira e em cada freguesia, porque há um programa em execução e porque assumiu com todos os odemirenses um compromisso ético e politico.

Comente esta notícia