Voltar

Sociedade Soldados da paz

Mais operacionais no combate aos incêndios e menos meios aéreos para este ano

Sociedade Soldados da paz

Mais operacionais no combate aos incêndios e menos meios aéreos para este ano

Foto: Facebook dos Bombeiros de Beja

Os operacionais envolvidos no combate aos incêndios rurais vão aumentar, ligeiramente, este ano, estando previstos 14.155 elementos para os meses considerados mais críticos, mas o dispositivo vai contar com menos dois meios aéreos.

A diretiva operacional nacional (DON), que estabelece o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR), foi aprovada na Comissão Nacional de Proteção Civil, cuja reunião foi presidida pela secretária de Estado da Proteção Civil, Paulo Simões Ribeiro, e teve lugar na sede da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), em Carnaxide.

De acordo com os dados agora divulgados, o dispositivo terrestre contará com 14.155 elementos e 3.173 viaturas durante o período de maior empenhamento de meios, entre 01 de julho e 30 de setembro, denominado ‘nível Delta’

Em 2023, o número de operacionais envolvidos no combate aos incêndios entre julho e setembro fixou-se nos 13.891, o que significa que este ano há mais 264 elementos para o combate às chamas.

A mesma situação verifica-se nas viaturas disponíveis, que aumentam em 183, passando dos 2.990 veículos para os 3.173.

A época considerada mais crítica em incêndios rurais vai contar este ano com 70 meios aéreos, menos dois face ao ano anterior.


PUB
PUB

Revista RVP-Ovibeja 2024

PUB
PUB

Concertos

Taylor Swift aterrou no aeroporto em Beja

Acabou de tocar...

Grande feira do Sul 2024 registada pela Voz da Planície, em fotografias

BEJA meteorologia
Top
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização.