CANTE FEMININO

As Jornadas decorrem em Lisboa, Serpa, Santiago do Cacém e Évora e contam com a presença de grupos corais femininos. A entrada é livre.

A primeira iniciativa destas jornadas acontece neste sábado, dia 30, na Casa do Alentejo, a partir das 15.00 horas e conta com a participação de vários grupos corais do distrito: Moças do Cante, de Cabeça Gorda, As Ceifeiras do Semblana, de Almodôvar, As Ceifeiras de Pias, Grupo Coral Feminino As Papoilas do Corvo, de Castro Verde, Grupo Coral Feminino Cantares das Alcáçovas e Grupo Coral Feminino As Madrugadeiras de Alvito.

Segue-se a conversa sobre O Cante no Feminino, que conta com as presenças da professora Salwa Castelo-Branco, Maria José Barriga e Dulce Simões, assim como de todos os grupos corais presentes. Recolher os relatos das experiências e histórias vividas pelas mulheres, perceber as expetativas da comunidade sobre os corais femininos, suscitar a reflexão e estudos em torno do cante, introduzindo a dimensão de género são os objetivos desta conversa.


Comente esta notícia