Cartaz Nós Por Elas Beja

A manifestação Nós Por Elas insere-se num evento nacional proposto pela jornalista, e ativista dos direitos humanos, Helena Ferro de Gouveia e convida a sair à rua no sábado, dia 9, mulheres e homens, para fazerem uma homenagem às vítimas e reivindicar mais meios para as apoiar, para as proteger e menos complacência com os agressores.

Ana Matos Pires é amiga da mentora desta iniciativa e nesta qualidade, assim como na de coordenadora da Equipa de Prevenção de Violência em Adultos do Hospital José Joaquim Fernandes, e por questões de cidadania e ética, decidiu trazer esta iniciativa para Beja.

Ana Matos Pires explica no que consiste o evento, que no caso de Beja se realiza a partir das 16.00 horas, no próximo sábado, dia 9, na Praça da República.

Ana Matos Pires deixa, ainda, o convite à participação, explicando como tudo vai decorrer em Beja.

Recorde-se que desde o início do ano, e até à primeira semana de fevereiro, registaram-se onze vítimas mortais de violência doméstica, uma delas tinha 2 anos de idade e que em 15 anos já foram assassinadas, pelos seus companheiros, mais de 500 mulheres, frisou, ainda, Ana Matos Pires, lembrando que é preciso fazer alguma coisa para ajudar a combater este flagelo.

Excertos da entrevista concedida por Ana Matos Pires a propósito da iniciativa Nós Por Elas, marcada para sábado, dia 9, e que pode ouvir nesta quarta-feira, na íntegra, nos jornais alargados das 12.00 e das 17.00 horas.


Comente esta notícia