Educação

Sem esquecer o facto deste ano letivo não ter começado com a "confusão dos anteriores", porque o Governo terminou, "em boa hora", com as contratações, através das bolsas de escola, o SPZS frisa que o que se constata são os habituais problemas de funcionamento e diz que aquilo que se esperava deste Governo, era a solução dos mesmos.

Neste contexto, o presidente do SPZS, Manuel Nobre, identificou alguns dos problemas que persistem e que necessitam de resolução urgente.

Manuel Nobre deixou ainda, a identificação de outras questões que também merecem a atenção dos governantes.


Comente esta notícia