Assembleia Republica

Manuel Nobre, presidente da Direção do Sindicato de Professores da Zona Sul (SPZS), explicou à Voz da Planície que todos podem participar na Tribuna Pública, que se realiza nesta sexta-feira, dia 3 de junho, no Largo de Camões, em Lisboa, a partir das 16.30 horas, data em que a petição será entregue na Assembleia da República.

Na petição, que conta, nas primeiras cem assinaturas, com nomes bem conhecidos, entre eles os músicos Kalú, dos Xutos e Pontapés, Sérgio Godinho, Pedro Abrunhosa e Jorge Palma, os subscritores manifestam desacordo em relação à duplicação de financiamento na educação, manifestam o seu desacordo em relação à campanha em curso que visa desvalorizar da escola pública e passar uma ideia errada sobre a qualidade do desempenho dos seus profissionais e defendem que aos docentes dos estabelecimentos particulares e cooperativos sejam aplicadas as mesmas normas de organização dos horários de trabalho que se aplicam no ensino público.

No dia 18 de junho há manifestação, marcada pela Fenprof, no Parque Eduardo VII, em Lisboa, não para dar resposta a nada, garantiu o presidente da Direção do SPZS, Manuel Nobre, mas sim para defender a escola pública, consagrada na Constituição e promotora de igualdades.


Comente esta notícia

Galeria de fotos