residencia artistica aljustrel
O Atalaia Artes Performativas compreende um programa de residências de criação que vai culminar com a realização de um Festival de Artes Performativas, reunindo, no Baixo Alentejo, nomeadamente em Almodôvar, Ourique e Aljustrel, um conjunto de criadores nacionais e internacionais.

Na vila mineira esta é a segunda residência artística, a primeira decorreu no passado mês de Julho. Desta vez, Érika Machado, do Brasil, em colaboração com Filipa Bastos, de Portugal, apresentam o projecto"Como transformar uma ideia, ou muitas ideais numa música".

As artistas propõem-se compor pelo menos uma música e um vídeo com influências da cultura aljustrelense, tomando como ponto de referência os seus olhares estrangeiros à realidade do local, os participantes neste projecto têm oportunidade de gravar as suas vozes, criar melodias, escolher baterias, fazer desenhos e colagens. Os materiais utilizados são a "imaginação e o trabalho colectivo" sob orientação das artistas.




Comente esta notícia