Misericórdia Beja

Os cadernos eleitorais estão afixados na secretaria da Santa Casa da Misericórdia, local onde a irmandade pode exercer o seu direito de voto, a partir das 17.00 horas e até às 20.00 horas.

A irmandade da Santa Casa da Misericórdia tem duas opções, a Lista A que se assume como a da renovação e continuidade, na medida em que propõe que o presidente da Assembleia-geral, João Paulo Ramôa passe para provedor e que António Chícharo, que exerceu aquele cargo durante 30 anos, passe para presidente da Assembleia-geral.

Por sua vez, a Lista B diz querer mudar a forma de trabalhar da Santa Casa da Misericórdia. João Pedro Caeiro lidera a Lista B e faz-se acompanhar, entre outros, por José António Paulino, Castro e Brito e Florival Baiôa. A Lista B diz ter uma equipa com pessoas novas, com vontade de trabalhar, ou seja assume-se como a proposta da mudança.

Recorde-se que os estatutos da Santa Casa da Misericórdia de Beja foram alterados, mas que existem regras que se mantém, dos anteriores, nomeadamente a realização de eleições de quatro em quatro anos, mas introduz a limitação de quatro mandatos consecutivos para o cargo de provedor.


Comente esta notícia