projecto enoturismo

Esta iniciativa contou com o apoio financeiro da União Europeia e levou à criação de um cluster do sector na região, com base numa avaliação do tecido empresarial e análise das potencialidades existentes.

O projecto, que resulta de uma parceria entre as entidades do Turismo e do Vinho do Alentejo e do Ribatejo, abrangeu globalmente 100 agentes de enoturismo, entre o Alentejo e a sub-região da Lezíria do Tejo, que, pela primeira vez, se uniram numa acção colectiva concertada com o objectivo de definir uma estratégia integrada da actividade na região, bem como de implementar acções de capacitação empresarial junto dos gestores de enoturismo.

Através deste projecto também foi desenvolvido um conjunto de materiais promocionais que posicionam a região do Alentejo e Ribatejo como um dos melhores destinos de enoturismo, como é o caso de filmes promocionais temáticos e guias.

A ERT Alentejo/Ribatejo afirma que “sendo considerado um destino turístico por excelência a nível mundial, de acordo com dados do Instituto Nacional de Estatística, no ano de 2018 o Alentejo foi a região do país que mais cresceu nos mercados internacionais, mais de 7% face a 2017, tendo ultrapassado, pela primeira vez, a barreira do milhão de hóspedes”. Ainda segundo a ERT Alentejo/Ribaejo “resultados mais recentes indicam quem em janeiro de 2019, este destino foi também o que mais cresceu em termos de dormidas globais com 19%.







Comente esta notícia