TALHAS

O professor Arlindo Ruivo estudou a história deste produto e conta como se produz atualmente o vinho de talha.

O professor Arlindo Ruivo está satisfeito com o facto, de hoje, existirem mais de 140 produtores de vinho de talha, recordou a formação, há 19 anos da ADL que deu origem à Vitifrades e disse considerar que a candidatura a património da humanidade deste produto, faz todo o sentido.

E é já nesta sexta, na sessão de abertura da Vitifrades 2016 - Grande Festa do Vinho de Talha, na freguesia de Vila de Frades, que integra a 1ª Mostra de Vinho de Talha e o Festival Gastronómico do Torresmo e Tefina, que se realiza a assinatura da carta de compromisso da candidatura "Vinho de talha a património da humanidade".


Comente esta notícia