Voltar

Sociedade

USDB: árvore dos direitos mostra tudo o que falta cumprir perante os trabalhadores

Sociedade

USDB: árvore dos direitos mostra tudo o que falta cumprir perante os trabalhadores

Foto: Rádio Voz da Planície

A União de Sindicatos do Distrito de Beja (USDB) promoveu hoje de manhã, junto à Casa da Cultura em Beja, uma ação com os trabalhadores do seu território de abrangência. Nesta iniciativa, que consistiu em alertar para o que continua a faltar, no final de mais um ano, aos trabalhadores, ficou claro que o empobrecimento e as desigualdades sociais permanecem. A árvore dos direitos está colocada junto à Casa da Cultura de Beja, local onde decorreu a iniciativa.

Tratou-se de uma denúncia pública das desigualdades e injustiças sociais que, nesta altura do ano, assumem ainda maior destaque, exigindo resposta às justas reivindicações dos trabalhadores, reformados, pensionistas e outras camadas da população.

Reivindicações tais como o aumento significativo dos salários e pensões, contra o aumento do custo de vida, o investimento nos serviços públicos e funções sociais do Estado, a garantia do direito à saúde, à educação e à habitação.

Diz a USDB que “na atual situação os trabalhadores, reformados, pensionistas, idosos e outras camadas da população vivem grandes dificuldades no seu dia a dia”. E mais: “Os baixos salários e pensões levam a uma luta diária para pagar as contas, a renda ou a prestação ao banco, a comida para pôr na mesa, enquanto se assiste a lucros escandalosos por parte de alguns grupos económicos, com o aumento da exploração, do custo de vida, impondo ainda mais dificuldades a quem trabalha ou trabalhou”.

Para os sindicatos, “os serviços públicos e as funções sociais do Estado degradam-se, com particular destaque para a grave situação em que se encontra o Serviço Nacional de Saúde”.

De acordo com a USDB, a atual situação política – decorrente da dissolução da Assembleia da República, da convocação de eleições antecipadas e da aprovação de um orçamento que não serve os trabalhadores e o País – “coloca aos trabalhadores a necessidade de intensificar a ação e intervenção em torno das suas justas reivindicações, no que diz respeito, nomeadamente, aos salários, às pensões, à saúde, à educação, à habitação”.


PUB
PUB

Revista RVP-Ovibeja 2024

PUB
PUB

Concertos

Taylor Swift aterrou no aeroporto em Beja

Acabou de tocar...

Grande feira do Sul 2024 registada pela Voz da Planície, em fotografias

BEJA meteorologia
Top
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização.