Cartaz ADPBeja

A exposição “40 Anos de património” é inaugurada hoje, e pode ser apreciada nas entradas do Pax Julia e na do Hospital Velho, nas instalações da Santa Casa da Misericórdia da cidade. Nesta exposição pode ver-se “as mudanças que Beja conheceu nos últimos 40 anos, assim como o trabalho de sensibilização e preservação do seu património que a adpBeja fez”, tal como revela Florival Baiôa, da direção da Associação.

O espetáculo, com início marcado para as 20.00 horas, reúne no palco do Pax Julia – Teatro Municipal de Beja, António Zambujo, Buba Espinho, Fernando Pardal, Jorge Benvinda, Luanda Cozetti + Norton Daiello, Luís Trigacheiro e Jorge Serafim. “Trata-se de um espetáculo que apresenta um conjunto de artistas da cidade que tem elevado o nome de Beja fora das suas fronteiras e que fazem parte, igualmente, do seu património contemporâneo”, frisa, também, Florival Baiôa.

A adpBeja está a atravessar uma “pequena crise financeira, pois viu nos últimos tempos as suas receitas, materializadas em apoios, diminuírem devido a diversas circunstâncias, incluindo as da pandemia e por isso mesmo”, avança Florival Baiôa, as entradas deste espetáculo solidário, e já esgotado, revertem todas a favor da Associação”.

Em nota de imprensa, a AdpBeja recorda que “foram quarenta anos de pequenas paixões pelos cantares, com concurso de cantares alentejanos, festa das maias, mostras de doçaria, festa do azulejo de Beja, exposições de olarias de Beringel, de mantas tradicionais de Mértola, Beja antiga em fotografias, visitas guiadas, cavalhadas de São João Baptista, conferências, muitas, publicação de livros e rotas para a melhoria do turismo e do conhecimento”, passando em revista algumas das atividades desenvolvidas nestas 4 décadas de existência.


Comente esta notícia