mandatários João Ferreira por Beja

Domingas Pereira, médica, é a mandatária distrital desta campanha, e durante a sessão destacou “o papel que João Ferreira tem tido na defesa dos trabalhadores.” Domingas Pereira refere, também, o trabalho empenhado de João Ferreira na luta pelas “causas ambientais e no combate às alterações climáticas”, que, frisou “fustiga particularmente o Alentejo”, deixando exemplos de questões que devem preocupar a população em geral.

Por Beja, a mandatária concelhia Fátima Estanque, psicóloga, sublinhou “os valores de Abril, consagrados na Constituição da República” e “espelhados na candidatura de João Ferreira”. Acrescentou, igualmente, o trabalho que tem desenvolvido, principalmente, na “denuncia de diversas questões”, entre elas “as sociais”.

Por Aljustrel, o mandatário é Fernando Ruas, professor; por Almodôvar é Rúben Lameiras, músico; por Alvito é Vanda Tiago, enfermeira; por Barrancos é Emílio Domingues, assistente técnico administrativo; por Castro Verde é Ana Paula Baltazar, inspetora de educação; por Cuba é Sandra Heleno, enfermeira; por Ferreira do Alentejo é Paulo Conde, sociólogo; por Mértola é Luís Morais, empresário; por Moura é Helena Pais, professora; por Ourique é Manuel Almeida, operário mineiro; por Serpa é Maria João Brazão, professora e por Vidigueira é Ana Patrícia, socióloga.

A candidatura de João Ferreira já reuniu as 15 mil assinaturas necessárias à sua formalização e tem ações previstas para o distrito de Beja ainda para este mês de dezembro. Duas para o dia 28, uma reunião com a EDIA, em Beja e outra com o movimento Chão Nosso, em Serpa.

Dia 9 de janeiro, o candidato faz um almoço em Beja e uma sessão pública em Aljustrel. No dia 20 de janeiro tem uma sessão pública marcada para Moura.

Recorde-se que as eleições para a presidência da República realizam-se no dia 24 de janeiro de 2021.


Comente esta notícia

Galeria de fotos