O parlamentar quer que o Governo explique o encerramento de camas num hospital que tem um rácio muito abaixo da média nacional, quanto prevê a tutela poupar com esta redução e se garante que a mesma não vai afectar a capacidade de resposta dos serviços. João Ramos recordou ainda, que o PCP está a acompanhar esta matéria desde o passado mês de Abril e que desde essa altura que está a tentar reunir-se também, com o Conselho de Administração do Hospital, mas sem sucesso.

João Ramos quer, igualmente, que o Ministério da Saúde explique onde vão passar a ser acompanhados os doentes oncológicos do Hospital de Beja, se a redução de camas prevista não deixa outros serviços com necessidades, para fazer face a internamentos, e que impactos vão ter as medidas anunciadas pelo Governo na população do distrito.


Comente esta notícia