rua lavoura

Vítor Picado recordou que aquele projeto da CDU estava inserido numa estratégia de valorização daquela zona da cidade, com previsão de ligação à zona industrial e construção de uma passagem elevada. Neste contexto, Vítor Picado valoriza o termo desta fase da obra da Rua da Lavoura, mas pede “coragem e audácia” ao atual Executivo, liderado por Paulo Arsénio”, para terminar também, as outras fases previstas no projeto inicial, pensadas no âmbito duma estratégia mais vasta de promoção da atratividade para investidores e estímulo para a fixação de empresas na zona industrial, mediante a requalificação de acessos e ligações ao IP8.

Recorde-se que o anuncio do termo desta obra foi feito pelo atual Executivo no passado dia 17, referindo que a intervenção consistiu numa alteração de traçado e redimensionamento da via, nas ligações à variante de Beja, e repavimentação de requalificação de todas as infraestruturas de águas residuais domésticas, de abastecimento de água, de águas pluviais, elétricas e telecomunicações. Uma obra que representou para o Município pouco mais de 1 milhão de euros, financiado pelo FEDER, em cerca de 920 mil euros.


Comente esta notícia