Jantar PSD Beja

Num jantar onde marcaram presença mais de uma centena de sociais democratas, o tema central foi, naturalmente, as próximas eleições autárquicas, com a intervenção de todos os cabeças de lista do PSD às câmaras  do distrito.

Na intervenção de encerramento, Mário Simões, presidente da distrital de Beja, afirmou que o PSD em Beja é hoje um partido renovado \"que nada tem a ver com o passado\". Para estas eleições, a direcção distrital elegeu como desafio  imediato, a manutenção de Almodôvar como autarquia do PSD e a conquista de Alvito e Ourique. No prazo de 8 anos, o presidente da distrital laranja acredita que o partido possa conquistar no distrito 5 ou 6 câmaras, tornando-se na primeira ou segunda força autárquica.

Mário Simões aproveitou a ocasião para deixar recados e desafios, para fora e dentro do partido. Para o interior do partido, exigiu a todos os que ocupam lugares de topo, em nome do PSD quando  o partido está no governo, que não se escondam nas alturas de maior dificuldade, desafiando-os a virem para as trincheiras da luta, nesses momentos difíceis.

Para fora do partido ficou o convite para que PS e PCP se unam ao PSD na defesa dos interesses da região.


Comente esta notícia