BOMBEIROS

Rodeia Machado, presidente da Direção dos Bombeiros Voluntários de Beja, referiu à Voz da Planície que estes homens e mulheres estão “preocupados” naturalmente, mas “preparados para dar uma resposta” às exigências do momento atual, apesar de “ainda não terem equipamento de proteção suficiente para fazer face às necessidades”.

Rodeia Machado prosseguiu explicando como estão a proceder os Bombeiros Voluntários de Beja perante o plano de contingência aprovado e identificando os meios que a população tem ao seu dispor sempre que precisar da ajuda dos “soldados da paz”.


Comente esta notícia