Perfume IPBeja

Trata-se de um perfume floral frutado e para a sua criação foi escolhida a Nortempresa Perfume Lab, “a primeira fábrica em Portugal com total especialização na produção de perfumes com a mais alta tecnologia existente no mercado”.

É um perfume unisexo e com personalidade, refere Ana Paula Figueira, responsável pelos Serviços de Planeamento, Marketing e Comunicação.

Esta fragância, à qual se entendeu chamar “IPBeja” já foi apresentada à instituição e vai ser apresentada na FUTURÁLIA 2018, durante este mês de março, onde serão distribuídas amostras e estarão disponíveis frascos de perfume de 30ml. A embalagem é um prolongamento do conceito – branca, clean e subtil, impressa a prata.

Num tempo em que as mensagens publicitárias envolvem, de todos e por todos os lados, o consumidor, o IPBeja ousou ser a primeira instituição de ensino superior a criar um aroma que o diferencia e o faz lembrar. Em qualquer lugar. Pelos antigos e potenciais novos alunos. Por todos. O IPBeja é o primeiro Instituto de Ensino Superior a fazer isto em Portugal, referiu ainda, Ana Paula Figueira.

Recorde-se que “o IPBeja tem, atualmente, um total de 260 docentes: 150 a tempo integral, dos quais 86 doutorados; 110 a tempo parcial, 10 dos quais doutorados. Conta com 140 funcionários e tem matriculados, aproximadamente, 2500 estudantes (dos quais 130 são estudantes internacionais), distribuídos por: Licenciaturas – 1840; Mestrados – 210; CTeSP – 450. A sua oferta formativa inclui 17 Cursos Técnicos Superiores Profissionais; 14 Licenciaturas; 11 Mestrados. Os alunos são, em maioria, oriundos do distrito de Beja mas também, em particular, dos distritos de Faro, Évora, Setúbal e Lisboa. A percentagem de recém - diplomados de cada curso que estão registados no IEFP como desempregados oscila entre os 8% e os 17%.”


Comente esta notícia