Aeroporto de Beja

Segundo aquela publicação, as saídas de 11, 18 e 25 de junho vão realizar-se, à partida, do Aeroporto de Beja, estando garantido pelos operadores turísticos o transporte para Beja e o regresso para Lisboa. É referido, igualmente, que até ao momento esta é a única operação deslocada para o Aeroporto de Beja.

O “Publituris” assegura que o congestionamento do Aeroporto Humberto Delgado no que diz respeito ao número de slots disponíveis é um problema que já há muito tem sido tema de debate pelo sector da distribuição turística e que esta questão terá levado à decisão dos operadores turísticos Soltour e Jolidey a deslocalizar para o Aeroporto de Beja a operação Lisboa – Tenerife Sul.

Recorde-se que entre 2011 e 2013 foram feitas várias operações charter, que resultaram de acordos com entidades regionais e operadores turísticos, mas a procura reduzida, ao nível do tráfego de passageiros e carga, levou a ANA a redirecionar a estratégia para o aeroporto encaminhando-a para outros segmentos de negócio. O aeroporto de Beja custou 33 milhões de euros, resultou do aproveitamento civil da Base Aérea n.º 11 e começou a operar a 13 de abril de 2011, quando se realizou o voo inaugural.


Comente esta notícia